Diretor Comercial , Viridis

Diretor Comercial da Viridis. Trabalhou durante 35 anos na Vallourec do Brasil, nas áreas de energia, manutenção e montagem industrial e coordenou o projeto da área de Energia e Utilidades da usina Vallourec & Sumitomo (VSB). Graduado em Engenharia Elétrica e pós-graduado em Automação Industrial e Gestão de Negócios. Membro da CB-116, que elaborou a ABNT NBR ISO 50.001 – Sistemas de Gestão da Energia, foi o responsável pela certificação da Vallourec como primeira siderúrgica do Brasil nesta norma. É membro da Câmara de Energias Renováveis e Óleo & Gás da FIEMG.  

 

Publicações de Sérgio Grassi

 

Os desafios do novo gerente de energia e utilidades

Publicado por Sérgio Grassi em seg, 16/07/2018 - 13:02
Entenda como as mudanças no mercado estão criando novos desafios para os gerentes de energia e utilidades de grandes empresas.

A plataforma de gerenciamento de energia e utilidades da Viridis provê funcionalidades para apoiar diretamente o novo gerente de energia e utilidades, cobrindo funções de monitoramento, planejamento, contratação, custeio, simulação e otimização do consumo energético. As funções de monitoramento possibilitam identificar oportunidades de melhoria nos processos, estratificando os consumos energéticos por diferentes dimensões, além de possibilitar a quantificação de ganhos em custos e emissões de gases de efeito estufa. A integração dos dados de monitoramento às funções de planejamento fortalece os esforços da iniciativa de transformação uma vez que conferem maior sofisticação, consistência e acurácia sobre a previsão de consumo futuro e, consequentemente, sobre o planejamento de custos e o contraste com os valores realizados. Por fim, a plataforma Viridis oferece ao gestor de energia e utilidades toda uma gama de tecnologias para o gerenciamento integrado de projetos de melhoria contínua com foco em eficiência energética, buscando o alinhamento estratégico desde a idealização, implantação e valoração dos investimentos realizados pela organização. Clique aqui e saiba mais sobre nossas soluções.


04 iniciativas que podem ajudar sua empresa a reduzir custos com energia

Publicado por Sérgio Grassi em ter, 06/06/2017 - 14:15
Investir em meios para reduzir os custos de energia em sua empresa é fundamental, não só para contribuir com o avanço do país em relação a eficiência energética, mas também para gerar uma economia inteligente.

ISO 50001: Por que a sua empresa deve se certificar?

Publicado por Sérgio Grassi em sab, 22/10/2016 - 18:54
As normas desenvolvidas pela ISO são amplamente conhecidas no mercado empresarial. O reconhecimento é justificável, visto que a ISO, International Organization for Standardization, é a maior desenvolvedora de normas voluntárias internacionais, criando padrões mundiais comuns a todas as nações em diversas áreas de atuação. A ISO já desenvolveu cerca de 19 mil normas, que impactam os mais diferentes mercados, como produtos manufaturados, tecnologia e até segurança alimentar.

Nesse contexto, o sistema de gestão de energia da Viridis, desenvolvido exclusivamente para operações que consomem grandes quantidades grandes de energia, é uma ferramenta estratégica para alcançar a certificação ISO 50001 e reduzir drasticamente os custos de sua operação, auditoria e manutenção. Através das mais de 300 funcionalidades presentes no sistema, o Viridis consegue instrumentar e operacionalizar todas as práticas e definições da norma, permitindo que grande parte das ações seja feita de forma automática e contribuindo para o aumento da produtividade das equipes. Clique aqui e conheça nossas soluções. 


Reduzindo o custo da energia em grandes consumidores

Publicado por Sérgio Grassi em seg, 17/10/2016 - 17:13
A consciência que existe escassez de energia no mundo enfim parece ter chegado ao Brasil, nosso país “abençoado por deus e rico por natureza”. Ao contrário do que ocorre no resto do mundo, onde  muito tempo se tem a consciência que os recursos naturais são finitos, tivemos que passar por um racionamento em 2001 (primeiro susto) e depois por um aumento de aproximadamente 50% nas tarifas de energia em 2015 (segundo susto), para que houvesse uma sensibilização por aqui.

Tags