A transformação digital como aliada da gestão de energia e utilidades

Publicado por Carina Lima em qua, 08/11/2017 - 13:12
transformao_digital_gestao_energia

A tecnologia vem transformando diversos aspectos de nossas vidas, desde tarefas simples no dia a dia até mesmo as mudanças profundas nos negócios e mercados globais. A área de gestão de energia e utilidades não é diferente, e nesse contexto, as empresas que saírem na frente em digitalizar seus processos podem melhorar sua rotina de trabalho e até o seu potencial competitivo.

Os ganhos que a transformação digital pode trazer para as empresas são inúmeros, mas elencamos abaixo os três principais benefícios que vão tornar seu negócio mais eficiente.

 

Produtividade das equipes

No passado a utilização de cartas era a única forma de se comunicar com pessoas que estavam distantes e esse processo levava até meses para ser concluído. A evolução tecnológica foi fundamental para encurtar as distâncias e o tempo de comunicação e hoje isso é tão natural que é difícil imaginar como era viver dessa forma.

O mesmo acontece quando focamos o nosso olhar nas equipes de gestão de energia e utilidades. Muitas empresas ainda utilizam de recursos não adequados às equipes para que elas realizem o seu trabalho de forma eficiente. Um exemplo disso é a utilização de planilhas para gerenciar os insumos energéticos. As equipes gastam muito tempo para buscar e cruzar informações nas diversas planilhas o que torna o processo lento e mais susceptível a erros.

Sistemas que são concentradores de informação, os data lakes, permitem ter acesso a informações e insights que antes não eram possíveis por causa da complexidade de cruzamento de dados. Além disso, eles fazem tudo isso de forma instantânea e com alto índice de confiabilidade, permitindo que as equipes concentrem seus esforços em áreas mais estratégicas, sem perder tempo com questões operacionais.

 

Melhoria da gestão

Imagine gerenciar diversos processos, com inúmeras variáveis, em diferentes unidades e tudo acontecendo ao mesmo tempo. Isso sem falar na responsabilidade em planejar as necessidades energéticas futuras de toda a empresa. Esse desafio é a rotina de trabalho dos gestores de gestão de energia e utilidades e essa é apenas parte das tarefas em que eles devem se preocupar. O trabalho não é uma tarefa fácil, mas os gestores podem contar com a tecnologia para auxilia-los a cumprir com excelência todas as demandas.

Sistemas dedicados a gestão de energia e utilidades são ferramentas que auxiliam os gestores a conhecerem a fundo seus processos com o olhar focado nas demandas energéticas. Eles permitem conhecer a performance de equipamentos e equipes, identificam oportunidades de melhoria, são capazes de simular cenários com relação ao consumo de energia, gerenciar contratos e faturas, otimizar processos de planejamento e custeio energético. Dessa forma, a visão gerencial é complementada por informações sobre o chão de fábrica e vice-versa, o que torna possível fazer a gestão de forma integrada conhecendo todas as variáveis dos processos.

 

Redução de custos

O desperdício de energia e a falta de eficiência é um problema que rodeia muitas empresas em diversos segmentos, mas essa não precisa ser uma realidade e mais uma vez a tecnologia pode ser a solução para resolver esse problema tão crítico. A redução de consumo de energia, além de ser um grande ganho para o meio ambiente, é também uma excelente iniciativa para reduzir custos.

Sistemas de monitoramento em tempo real, permitem que os gestores identifiquem problemas instantaneamente e os corrija rapidamente. Esses sistemas emitem alertas para as pessoas responsáveis levando em consideração o histórico de dados e a modelagem de processos. Isso acontece em caso de vazamentos, equipamentos ligados indevidamente e até mesmo ineficiência de equipamentos.

 

Faça da transformação digital uma aliada da sua empresa também

Apesar da digitalização da gestão de energia e utilidades não ser uma realidade em todas as empresas, esse processo veio para ficar e só tem benefícios para aqueles que apostam que a tecnologia auxilia e melhora os processos.

Através de sistemas adequados para contribuir com as equipes de gestão de energia e utilidades é possível utilizar os dados de forma mais estratégica, ter uma visão macro e micro do negócio em tempo real e ainda ter uma postura preventiva sobre a gestão.

A Digitalização de processos é uma das 3 tendências para o setor de energia e utilidades. Quer conhecer as outras duas? Clique aqui e acesse o artigo na íntegra.

Coordenadora de Marketing, Viridis Energy

Coordenadora de Marketing na Viridis, formada em Gestão de Eventos, pós-graduada em Marketing e Comunicação,  certificada em Inbound Marketing pela Hubspot,  possui grande experiência em marketing digital, produção de eventos corporativos, marketing de conteúdo, copywriting, planejamento e vendas SaaS.

Comentar