Fisicamente separados, digitalmente unidos

Publicado em qui, 14/05/2020 - 18:05
08-viridis-2020-noticia-home-office-cover

Desde o dia 18 de março de 2020, as equipes Vetta e Viridis estão trabalhando em regime home office, ou seja, a partir da declaração da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre a importância do isolamento social para evitar a disseminação do novo coronavírus, o COVID-19, a diretoria das empresas se reuniu e discutiu sobre a melhor maneira de proteger e resguardar a saúde dos colaboradores. O regime remoto foi instituído então como prioridade. Por sermos tradicionalmente digitais, a prática foi rapidamente aceita e bem desempenhada por nossos colaboradores.

Uma pesquisa conduzida por André Miceli, coordenador do MBA em Marketing e Inteligência de Negócios Digitais da Fundação Getúlio Vargas, aponta que haverá o crescimento de 30% do home office no Brasil após o fim da pandemia. Esta prática pode se mostrar eficiente em diversos pontos, uma vez que diminui a quantidade de carros nas ruas e permite que os colaboradores tenham mais tempo para dedicar ao seu bem estar.

O cuidado com a saúde física e mental deve ser prioridade durante a pandemia do COVID-19, uma vez que se trata de um período muito propício para o desenvolvimento de estresse e ansiedade. No que diz respeito ao home office, a Vetta e a Viridis têm promovido momentos virtuais de integração entre as equipes, como reuniões regulares, conferências e até convites para “a pausa do café”. Ações como essas têm se mostrado essenciais para manter o engajamento e contribuir com a rotina ativa dos colaboradores, que é de extrema importância no confinamento.

reunião via aplicativo de chamada de video

Vamos superar este momento desafiador juntos, mesmo que separados.