PLD despenca com redução de carga de energia

Publicado em ter, 07/04/2020 - 20:08
viridis preço de liquidação das diferenças capa

O Preço de Liquidação das Diferenças (PLD) para o período de 28 de março a 3 de abril despencou nos submercados Sudeste/Centro-Oeste e Sul e está no piso nos submercados Nordeste e Norte. A queda no preço spot de energia é explicada pela redução da carga de energia em todo país, reflexo das medidas de restrição impostas pelas autoridades de saúde para conter a disseminação do novo coronavírus no Brasil.

O preço médio do submercado Sudeste/Centro-Oeste caiu 61%, saindo de R$ 101,98/MWh e sendo fixado em R$ 39,68/MWh. Para o submercado Sul, o preço reduziu 80%, saindo de R$201,83/MWh para R$ 39,68/MWh. No Nordeste e no Norte os preços permaneceram no piso regulatório de R$39,68/MWh.

Segundo a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), espera-se que as afluências de março de 2020 fechem em torno de 99% da média histórica para o Sistema Interligado Nacioanl, sendo aproximadamente 102% na região Sudeste, 101% na região Nordeste, 112% na região Norte e 26% na região Sul.

Em abril, são esperadas afluências em torno de 92% para o sistema, sendo 88% na região Sudeste, 89% na região Nordeste, 117% na região Norte e 25% na região Sul.

Destaca que, para os meses de abril e maio, a carga prevista teve redução média de aproximadamente 6.970 MW médios e 6.440 MW médios, respectivamente. Já para a primeira semana operativa de abril, em relação a revisão anterior, a expectativa foi diminuída em cerca de 6.380 MW médios, com reduções em todos os submercados: Sudeste/Centro-Oeste (-4.230 MW médios); Sul (-1.795 MW médios); Nordeste (-340 MW médios) e Norte (-20 MW médios).

Os níveis dos reservatórios do SIN ficaram cerca de 842 MW médios mais elevados em relação ao esperado. O aumento foi verificado no Sudeste (+1.225 MW médios), no Sul (+219 MW médios) e no Nordeste (+206 MW médios). Já para o submercado Norte (-808 MW médios) os níveis estão mais baixos.

O fator de ajuste do Mecanismo de Realocação de Energia (MRE) para o mês de março de 2020 está estimado em 121,2%, e a previsão para abril é de 108,6%. O Encargo de Serviço do Sistema (ESS) previsto para março de 2020 está em R$ 135 milhões, sendo R$ 91 milhões referentes à segurança energética, R$ 7 milhões de Unit Commitment e R$ 37 milhões por importação por segurança energética. Para abril de 2020, não há previsão de ESS.

tabela preço de liquidação das diferenças

 

Fonte: Agência Canal Energia 

Leia também: “PLD Horário: Oportunidades e desafios para grandes consumidores de energia”